Capa

Robert Scheidt

Scheidt conquista o título do Campeonato Europeu da classe Star 2019

Bicampeão olímpico venceu a competição disputada em Riva Del Garda, na Itália. Essa é a conquista de número 181 da carreira de Robert - 89 internacionais e 92 nacionais -, que agora retorna à preparação rumo aos Jogos de Tóquio/2020 na classe Laser

19.05.2019  |  1.471 visualizações

São Paulo (SP) – Robert Scheidt é campeão europeu de Star. Ao lado de Henry Boenning, o Maguila, o bicampeão olímpico garantiu o título na manhã deste domingo (19), em Riva Del Garda, na Itália, ao cruzar a regata final em primeiro lugar em uma decisão emocionante. Essa foi a conquista de número 181 da carreira de Robert - 89 internacionais e 92 nacionais. Após a disputa no Lago Di Garda, o próximo desafio será no Japão, onde, a partir de 3 de julho, participa do Campeonato Mundial na Classe Laser, uma das seletivas para a definição da equipe brasileira para Tóquio/2020.

A conquista de Scheidt e Boening foi dramática. A dupla brasileira estava a mais de 20 segundos dos líderes da regata final, os franceses Xavier Rohart e Pierre-Alexis Ponsot na última perna. A ultrapassagem veio praticamente em cima da linha de chegada e a vitória foi por apenas três segundos, após 49 minutos de prova. “Eu estava tão cansado, que não tinha acreditado que tínhamos vencido. Só entendi quando o Maguila gritou para mim. Foi uma grande regata, com muita técnica e diversas situações interessantes para quem assistiu. Nós tivemos uma oportunidade de assumir a liderança e aproveitamos. Foi incrível e especial, especialmente por eu ter as crianças me assistindo”, disse, se referindo aos filhos Erik, de nove anos, e Lukas de seis anos, que embarcaram para abraçar o pai logo após a vitória.

Robert pode contar com o apoio da família porque o Europeu foi disputado no clube Fraglia Vela Riva, em Riva Del Garda, que fica a 5km de Torbole, onde o bicampeão olímpico reside com a esposa Gintare e os filhos. “Estou muito feliz com a vitória, especialmente por ter ocorrido com a minha família podendo acompanhar”, ressaltou Scheidt que, aos 46 anos, aguentou o tranco em um dia puxado no encerramento da competição. “Acordamos às 5h30 para as últimas regatas da fase de classificação e, em seguida, as finais”, contou o maior medalhista olímpico do Brasil, com cinco pódios, patrocinado por Banco do Brasil e Rolex e apoio do COB e CBVela.

Na nona e última regata da fase de classificação, que definiu os dez finalistas entre 90 barcos, Scheidt e Maguila cruzaram a linha de chegada na segunda posição. Com isso, garantiram o segundo lugar na classificação geral e pularam direto para a semifinal. A vaga na decisão veio com um terceiro lugar. Com apenas quatro tripulações na disputa pelo título, a dupla brasileira mostrou força e resiliência.

A dupla campeã chegou a ser a quarta colocada na primeira perna da prova final. Scheidt e Boening se mantiveram em terceiro lugar até a metade da regata. No segundo contravento, subiram para segundo e, após uma recuperação impressionante no último trecho, conseguiram ultrapassar os franceses Xavier Rohart e Pierre-Alexis Ponsot a poucos metros da linha de chegada. O pódio foi completado por Paul Cayard (EUA) e o brasileiro Arthur Lopes, que terminaram em terceiro.

O Campeonato Europeu da Classe Star foi válido também como a primeira edição da SSL Breeze Grand Slam da Star Sailors League (SSL), status que elevará a premiação geral a U$ 100.000,00 (cerca de R$ 400.000,00), além de atribuir 2.500 pontos à dupla campeã no Ranking SSL. Com a vitória de Scheidt e Maguila, o Brasil repete as conquistas de Torben Grael e Arthur Lopes (Tutu) em 2017 e de Augie Diaz (EUA) e Bruno Prada em 2018.

Campanha olímpica - Robert Scheidt disputou o Europeu de Star sem perder o foco na campanha visando a classificação aos Jogos de Tóquio/2020 na classe Laser. Após a disputa no Lago Di Garda, ruma para o Japão, onde, a partir de 3 de julho, participa do Campeonato Mundial na Classe Laser, na mesma raia das regatas da Olimpíada, evento que serve como uma das seletivas para a definição da equipe brasileira para Tóquio/2020. Ele ainda deve voltar ao país asiático em agosto, para participar do evento teste dos Jogos.

O Mundial será a terceira grande competição de Scheidt em seu retorno à classe Laser. Entre o final de março e início de maio, disputou o Troféu Princesa Sofia e a Semana de Vela de Hyères. O brasileiro tem apresentado evolução constante na classe Laser. Em ambas as disputas, ficou a apenas uma posição da medal race.

O bicampeão olímpico vai em busca da sexta medalha, a quarta na Classe Laser, na qual acumula os ouros em Atlanta/1996 e Atenas/2004 e uma prata (Sidney/2000). Se conseguir a classificação, Scheidt será o recordista brasileiro em participações em Olimpíadas, com sete no currículo.

Maior atleta olímpico brasileiro

Cinco medalhas:
Ouro : Atlanta/96 e Atenas/2004 (ambas na Classe Laser)
Prata : Sidney/2000 (Laser) e Pequim/2008 (Star)
Bronze : Londres/2012 (Star) 

181 títulos - 89 internacionais e 92 nacionais, incluindo a Semana Internacional do Rio, o Campeonato Brasileiro de Laser e a etapa de Miami da Copa do Mundo, todos em 2016. Em novembro de 2017, pela Star, conquistou a Taça Royal Thames e, neste domingo, o Europeu de Star.

Laser
- Onze títulos mundiais - 1991 (juvenil), 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002*, 2004 e 2005 e 2013
*Em 2002, foram realizados, separadamente, o Mundial de Vela da Isaf e o Mundial de Laser, ambos vencidos por Robert Scheidt
- Três medalhas olímpicas - ouro em Atlanta/1996 e Atenas/2004, prata em Sydney/2000

Star
- Três títulos mundiais - 2007, 2011 e 2012*
*Além de Scheidt e Bruno Prada, só os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode venceram três mundiais velejando juntos, na história da classe
- Duas medalhas olímpicas - prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012

Mais informações:
ZDL - Rafael De Marco / Doro Jr. - Mtb 13209
E-mail: rafael@zdl.com.br
Tels: (11) 3285-5911
Cel: 11 976022986
Whatsapp: 19 997912108

Site: www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Scheidt e Maguila no lugar mais alto do pódio
    (Gilles Moralles / SSL)

  • Bandeira do Brasil no pódio
    (Gilles Morelle / SSL)

  • Emoção do Hino Nacional
    (ZDL / Divulgação)

  • Comemoração do título
    (ZDL / Divulgação)

  • Regularidade de Scheidt e Maguila
    (Gilles Morelle / SSL)

  • Robert e Maguila velejam na Itália
    (Gilles Morelle / SSL)

Leia também...

15.04.2020

Robert Scheidt chega aos 47 anos e espera pelo presente de aniversário: voltar a velejar

Bicampeão olímpico segue treinando em sua casa, na Itália, para manter a forma física durante o período de isolamento social em função da pandemia do novo coronavírus

06.04.2020

Bicampeão olímpico Robert Scheidt entra na luta contra o novo coronavírus

Série limitada de camisetas com a assinatura do maior medalhista do Brasil em Olimpíadas terá verba revertida para compra de viseiras para profissionais da saúde que estão na linha de frente no cuidado aos infectados pela COVID-19

26.03.2020

Robert Scheidt concorre a 'Maior Nome Olímpico Brasileiro' em votação online

Bicampeão e maior medalhista do Brasil em Olimpíadas participa da eleiçãoo promovida pelo globoesporte.com. Fãs do velejado ainda podem votar

24.03.2020

Prestes a bater mais um recorde olímpico, Scheidt aprova adiamento dos Jogos para 2021

Bicampeão olímpico iria para sua sétima participação em Olimpíadas em julho, mas garante que pode esperar para fazer história. Ele acredita que a decisão é acertada para preservar a saúde não só dos atletas, mas da população mundial

Entre em contato