Capa

Melo e Kubot vencem na estreia do Masters 1000 de Indian Wells

Nesta sexta-feira (8), após 2h12min de jogo, decidido no match tie-break, a dupla avançou para as oitavas de final do torneio ao derrotar o holandês Koolhof e o grego Tsitsipas

08.03.2019  |  346 visualizações

São Paulo (SP) – Marcelo Melo e Lukasz Kubot comemoraram nesta sexta-feira (8) a vitória na estreia do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. Pela primeira rodada do torneio, a dupla – cabeça de chave número seis – derrotou o holandês Wesley Koolhof e o grego Stefanos Tsitsipas por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7-1), 6/7 (1-7) e 10-5, em 2h12min. Agora, nas oitavas de final, em busca da segunda vitória no torneio e na temporada 2019, terão pela frente Taylor Fritz (EUA) e Nick Kyrgios (Austrália), que ganharam de Steve Johnson (EUA) e Dominic Thiem (Áustria) por 2 a 0 (7/5 e 6/1). Jogo será neste domingo (10), por volta das 22h (horário de Brasília). 

"Eu e o Lukasz estamos bem felizes com a vitória hoje (sexta). Acho que foi resultado do treinamento que a gente vem fazendo em todos os torneios, independente de ganhar ou perder. E hoje jogamos muito bem. O Tsitsipas vem em segundo no Race de simples (ranking da Corrida para Londres). Então está com extrema confiança. Poder ganhar um jogo desse, ele junto com outro duplista, foi muito bom. Um belo jogo. Conseguimos executar muito bem. Um bom começo e é seguir jogando assim, que temos boas chances de passar pela próxima. Mas como sempre falo, vamos jogo a jogo, focados aqui", explicou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG e Itambé, com o apoio da Volvo e Confederação Brasileira de Tênis.

O primeiro set começou com uma quebra de Koolhof e Tsitsipas logo no game inicial. Mas, Melo e Kubot devolveram o break na sequência, deixando tudo igual. A partir daí, muito equilíbrio, com as duas duplas mantendo seus serviços. No décimo segundo game, quando venciam por 6/5, Melo e Kubot tiveram nova chance de quebra, desta vez para fechar a série, com quatro set points. Mas, os adversários buscaram e empataram em 6/6. A oportunidade perdida não abalou Melo e Kubot que foram com tudo para o tie-break, dominando totalmente para marcar 7-1 e fechar o primeiro set em 7/6 (7-1), depois de quase uma hora de jogo.

No segundo set, após a partida seguir empatada até 4/4, Melo e Kubot conseguiram o break para marcar 5/4 e sacar para a vitória. Mas, como na primeira série, Koolhof e Tsitsipas foram em busca do empate, desta vez com a quebra, deixando tudo igual novamente e levando a definição para mais um tie-break. Aí, o domínio foi dos adversários, que devolveram o placar do primeiro set, fechando em 7/6 (7-1) para decidir o jogo no match tie-break.

Mas, a perda do segundo set não abalou a dupla Melo e Kubot. Mostrando concentração e confiança, foram para o match tie-break: saíram na frente, estiveram sempre em vantagem e fecharam em 10-5 para avançar às oitavas de final em Indian Wells.

Primeira vitória em 2019 – O brasileiro Marcelo Melo, 35 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 36 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. No Masters 1000 de Indian Wells conquistaram a primeira vitória da temporada 2019. Melo é o atual número 12 do ranking mundial individual de duplas da ATP, com 4.840 pontos. Kubot está em oitavo lugar, com 5.110 pontos.

Em 2018, Melo e Kubot disputaram 63 jogos, em 25 torneios, com 41 vitórias, conquistando quatro títulos: ATP 250 de Sidney, na Austrália; ATP 500 de Halle, na Alemanha; ATP 500 de Beijing e Masters 1000 de Xangai, ambos na China. Nos Grand Slam, foram vice-campeões no US Open, em Nova Iorque (EUA). O ano marcou três recordes na carreira de Marcelo: passou a ser o tenista brasileiro com maior número de semanas no topo do ranking - 56; recordista brasileiro em número de títulos da ATP, encerrando 2018 com 32; e o jogador brasileiro que mais vezes disputou o ATP Finals - seis vezes.

Principais conquistas na carreira - Entre os 32 títulos de Melo na carreira, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de sete ATP 500 e 14 ATP 250. Em 2018, pelo 12º ano consecutivo comemorou ao menos um título por temporada. O primeiro título em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2018

Títulos:
ATP 250 –
 Sidney (Austrália), rápida
ATP 500 - Halle (Alemanha), grama
ATP 500 - Beijing (China), rápida
Masters 1000 - Xangai (China), rápida

Vice-campeonato:
Grand Slam - US Open
 - Nova Iorque (EUA)

Mais informações:
Site:  
www.melomarcelo.com 
Fanpage:  facebook.com/marcelomelo83 
Instagram: @marcelomelo83

ZDL
Doro Jr. -   
dorojr@zdl.com.br    - 11 984579723
Deborah Mamone -   
deborah@zdl.com.br    - 11 3285.5911

Site: 
www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsport
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Dupla avança para as oitavas de final
    (Divulgação)

Leia também...

Entre em contato