Capa

As campeãs Tatiana Borges e Karen Redfern: histórias de superação e vitórias no squash

As duas atletas de São Paulo (SP) encerram o ano comemorando títulos e reafirmando a paixão pelo esporte, em busca de novas conquistas na temporada 2019

03.12.2018  |  793 visualizações

São Paulo (SP) – Juntas, elas somam 20 títulos brasileiros no squash. Ao longo da carreira, compartilham histórias de superação. Karen Redfern, 54 anos, 16 vezes campeã, e Tatiana Borges, 36 anos, tetra, ambas de São Paulo (SP), encerraram a temporada 2018 comemorando vitórias. Tatiana conquistou o Brasileiro pela quarta vez – a segunda consecutiva – em novembro, apenas três meses depois do nascimento de seu segundo filho. Karen voltou às competições em 2016, após ter decidido se dedicar somente a dar aulas e, em outubro passado, tornou-se pela primeira vez campeã de uma etapa do Circuito Correios de Squash Profissional – NSB (Novo Squash Brasil), torneio, aliás, que a motivou a retornar.

Tatiana soma quatro títulos brasileiros e, dois deles, com uma história muito especial, de superação e paixão pelo squash. Encerrou a temporada 2018 comemorando o tetra na 39ª edição do Campeonato Brasileiro, no clube Pinheiros, na capital paulista, e a conquista repetiu um momento já vivido por ela, em 2017, quando também retornou, após a primeira gravidez, para ser campeã. Ela não esconde a emoção. "Voltei na raça. Joguei com meu coração. Sou apaixonada pelo squash. Só tenho a agradecer a todos. Dei o meu melhor e estou muito feliz".

O Brasileiro foi válido pela nona e última etapa do Circuito Correios de Squash Profissional – NSB (Novo Squash Brasil). Com o título, Tatiana soma, agora, oito conquistas no NSB em oito finais disputadas, recordista entre as brasileiras, e subiu uma posição no ranking, ocupando atualmente o quinto lugar.

Nesta temporada, Tatiana voltou a jogar no Circuito na etapa anterior ao Brasileiro, na academia Delta, em outubro. Lá parou na semifinal, derrotada pela atual líder do ranking, Juliana Pereira, de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, a quem venceu no mês seguinte para ficar com o título brasileiro.

Mais uma conquista para Karen - Na oitava etapa do Circuito Correios de Squash Profissional – NSB, Karen Redfern, maior nome do squash feminino no País, atual número 3 do ranking, conquistou o seu inédito título NSB. A competição foi disputada na academia Delta, em São Paulo.

Quando estava próxima dos 45 anos, Karen resolveu parar com as competições e dar aulas. Mas, com a criação do Circuito NSB, viu motivação para voltar, em 2016, aos 52 anos, e seguir buscando vitórias.

Três temporadas e 18 etapas depois, em outubro deste ano, somou um título do NSB a sua carreira. Entre as muitas conquistas, Karen tem duas medalhas de bronze em Jogos Pan Americanos (Winnipeg 99 e Santo Domingo 2003), é nove vezes campeã sul-americana e quatro vezes pan-americana de squash.

“Ganhar o NSB, na minha idade, superando limites, faz com que eu fique ainda mais motivada para continuar. Para mim, squash é vida. Agradeço a todos os envolvidos com a realização do Circuito", afirma Karen, que havia ficado com o vice em São Paulo - na abertura do NSB 2018 -, no Rio e em Belo Horizonte (MG). 

Mais informações:
Site:  
http://cbsquash.com.br/
Fanpages: 
https://www.facebook.com/squashbrasil/ 
https://www.facebook.com/novosquashbrasil/

ZDL
Doro Jr. -   
dorojr@zdl.com.br    - 11 984579723
Deborah Mamone -   
deborah@zdl.com.br    - 11 3285.5911

Site: 
www.zdl.com.br
Facebook: 
www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: 
www.instagram.com/zdlsports
Twitter: 
www.twitter.com/ZDLcomunica

  • A emoção de Tatiana ao conquistar o tetra no Pinheiros
    (Marcello Zambrana / Divulgação)

  • Karen (dir)) na final diante de Juliana, na academia Delta
    (Divulgação)

Leia também...

Entre em contato