Capa

Shimano CICLISMO

Abierto Across Internacional é o desafio para ciclistas brasileiros na Argentina

Shimano Sports Team tem representantes ainda na Copa Downhill Internacional, no Peru, e no Barras Marathon, no Piauí

20.09.2018  |  531 visualizações

São Paulo (SP) - A cidade de Río Ceballos, em Córdoba (ARG), sedia entre sexta-feira (21) e domingo (23) a etapa decisiva do Abierto Across Internacional nesta temporada. A terceira e última disputa da competição argentina tem classificação UCI S2, ou seja, é realizada por estágios e vale 80 pontos para os campeões das elites nos rankings olímpico e mundial. Cinco brasileiros representam o País na corrida, sendo três do Shimano Sports Team: Viviane Favery (Cannondale Brasil Racing), Guilherme Muller (Sense Factory Racing) e José Gabriel Marques (Groove/Shimano/ASW/Chaoyang). Raiza Goulão e Luiz Cocuzzi, atuais campeões pan-americanos, também competem na prova.

No formato S2, três provas são realizadas e os campeões das elites serão aqueles que tiverem os menores tempos nas somatória dos três dias. A competição começa nesta sexta, com a disputa do contrarrelógio (XCT) em um circuito de 6 km, a partir do meio dia. No sábado (22), será a vez do short track(XCC), em uma pista reduzida de aproximadamente 1,5 km. Enquanto as mulheres competirão às 10h, os homens estarão em ação logo em seguida, às 10h45. No domingo, a principal disputa: o cross country olímpico em um circuito de 9 km por volta. A super elite masculina larga às 13h e a feminina às 13h05.

"O que muda aqui, em relação ao tipo de prova de três dias que estamos acostumados a competir no Brasil, é a distância no circuito. Como a pista da principal disputa, a do cross country olímpico, tem 9 km por volta, em um total de quatro, o tempo total deve variar entre 1h50 e 2h. Isso faz mudar bastante a dinâmica e o estilo da competição. A expectativa é boa e espero ser constante para crescer dia a dia e brigar pelas primeiras posições do pódio. Estou bem ajustado ao equipamento e tem tudo para ser um bom fim de semana", avalia Guilherme Muller, ciclista que tem sua bike equipada com o grupo Shimano XTR Di2 de transmissão de marchas eletrônica.

Copa Downhill Internacional - O catarinense Lucas Borba (Manoel Marchetti/Shimano/ Maxxis) está em Lima, no Peru, onde será realizado neste domingo, no distrito de Pachacamac, a terceira de quatro etapas da Copa Downhill Internacional. "A Copa Downhill é um evento bem grande no Peru, com patrocinadores fortes entre as marcas de bike. A pista foi bem elogiada, mas ainda não tive a oportunidade de conhecê-la. O tempo está chuvoso, o que deixa tudo aberto na disputa. A ideia dos organizadores é fazer um mini Pan-Americano, com atletas de vários países, como Chile, Brasil, Peru, Colômbia, entre outros", disse Lukinha, como é conhecido o piloto Shimano.

Barras Marathon no Piauí - O catarinense Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano/Giro29) viaja neste fim de semana para o Nordeste, onde disputará a Barras Marathon, no Estado do Piauí. Homologada pela CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), o evento contará com três distâncias. A principal delas de 80 km, em que estarão competindo as elites do esporte, além dos percursos de 40 e 30 km. A largada será no domingo, às 7h, na Praça da Matriz da Igreja Nossa Senhora Da Conceição, em Barra (PI).

Suporte Neutro Shimano - Enquanto alguns dos representantes do Shimano Sports Team competem no Brasil e no exterior, em Santana de Paranaíba (SP) e em Lagoa da Prata (MG) quem estará em ação serão os anjos azuis da Shimano. Enquanto o município da grande São Paulo recebe no domingo o The Rock - 1º Troféu Geocal Minerações, a cidade mineira sedia neste fim de semana o Campeonato Mineiro Sense de Maratona MTB. Ambas as disputas contam com o Suporte Neutro da Shimano, apoio técnico aos inscritos em provas, independente da marca da bicicleta, componentes e patrocinadores. O serviço, presente nas principais competições do País, é feito, a partir deste ano, em parceria com a Blue Cycle Distribuidora (distribuidor exclusivo da Shimano no Brasil). 

Novidades Shimano - Em 2018, a Shimano fez o lançamento do tradicional grupo de ciclismo de estrada 105 R7000, totalmente remodelado: são novas tecnologias herdadas do Dura-Ace, alavancas de STI adequadas para mãos menores (de mulheres por exemplo) e freio a disco hidráulico - finalmente regulamentado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). Vale destacar que o ciclismo de estrada é uma modalidade bastante praticada por atletas de MTB, como complemento aos treinos.

Também neste ano, a marca lançou o XTR M9100 e atendeu o pedido dos fãs com a configuração de 12 velocidades, trazendo muitas outras inovações. O grupo apresenta um cassete totalmente inovador com pinhões de amplo alcance de 10-45D ou 10-51D, freios com 2 ou 4 pistões, e um novo cubo com a nova tecnologia Shimano Micro Spline. Um novo projeto de configuração de freios e alavancas, que permite ao ciclista posicionar seus comandos, incluindo a alavanca de canote retrátil de selim “dropper post” XTR, em uma situação otimizada para máximo conforto e acionamento rápido.

Mais informações no site: bike.shimano.com.br

Twitter:@shimanobrasil
Fanpages no Facebook: https://www.facebook.com/ShimanomtbBrasil/
https://www.facebook.com/ShimanoroadBrasil/

ZDL Sports - Gustavo Coelho / Doro Jr. - Mtb 13209

E-mail: gustavo@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 11 9.8457-9699

Site: www.zdl.com.br
Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

  • Vivi Favery
    (Rodrigo Barreto/ Divulgação)

  • Guilherme Muller
    (Pedro Cury / PedroCury.com)

  • José Gabriel
    (Fabio Piva/ pivaphoto.com)

  • Lucas Borba
    (Ximiti / Divulgação)

  • Ricardo Pscheidt
    (Divulgação)

  • Suporte Neutro Shimano
    (Ney Evangelista / NG Fotos)

Leia também...

Entre em contato