Capa

Nestlé VOLEI

Vídeo release - Com show de Tandara, Vôlei Nestlé empata playoff e leva decisão para Uberlândia

Link com imagens da partida em que a equipe de Osasco bateu o adversário por 3 sets a 1 para levar a decisão da vaga à final da Superliga para o quinto jogo da série, sexta-feira (6), em Uberlândia. Tandara marcou 37 pontos

03.04.2018  |  2.252 visualizações

Osasco (SP) – O Vôlei Nestlé leva a decisão da vaga para a final da Superliga para o quinto e último jogo contra o Dentil/Praia Clube. O empate no playoff semifinal veio com a vitória sobre o clube mineiro por 3 sets a 1, parciais de 31/29, 27/25, 24/26 e 25/19, em 2h30min, na noite desta segunda-feira (2), no José Liberatti completamente lotado. Empurradas por um coro de 4 mil vozes, Tandara, Bia Leyva e cia. demonstraram técnica, força e garra para bater o adversário na quarta partida da série. Agora, voltam à Uberlândia para o confronto decisivo na sexta-feira (6), às 19h, com Sportv 2. Quem vencer, encara o Sesc/RJ na luta pelo título da temporada 2017/18.

Imagens do jogo - No link abaixo um resumo do jogo e entrevista com a central Bia, a oposta Tandara e o técnico Luizomar em alta definição. Segue também um link com imagens para mídias sociais. Crédito: Fotojump

Alta definição :   https://spaces.hightail.com/receive/4mIURaHwHK

Mídias sociais :  https://spaces.hightail.com/receive/4mIURaHwHK

Maior pontuadora da partida, com 37 pontos, e dona de mais um troféu VivaVôlei, Tandara creditou a vitória à força do conjunto e ao apoio das arquibancadas. “Esse jogo foi muito importante para o nosso time. Soubemos nos manter focadas e acertar nos momentos decisivos. Tivemos sets com parciais muito apertadas e, nesses momentos, os erros não aconteceram. Atuamos com muita vontade e determinação. Além disso, contamos com o apoio de nossa apaixonada torcida, que sempre faz a diferença aqui no Liberatti”, analisou a oposta, que é a maior pontuadora da Superliga com 594 acertos.

Bia elencou os fatores positivos que ajudaram a construir à vitória. “Foi um jogo muito equilibrado, com sets apertados, mas estudamos bem a equipe delas. Conseguimos sacar com eficiência, nosso bloqueio e defesa funcionaram bem e isso fez a diferença. Mas ainda temos pontos para melhorar. Para encarar o nosso time tem que jogar bem taticamente e lutar bastante. Agora é decidir a vaga na final na casa delas”, afirmou a central, que marcou 5 de seus 14 pontos de bloqueio.

O técnico Luizomar também comentou sobre o triunfo. “Estou satisfeito pela atuação da equipe. Somos um clube que tem tradição, uma camisa que conta muito e uma torcida exigente e que apoia muito o time. Nossa proposta, desde o início, era construir essa equipe ao longo de toda a Superliga. E escolhemos peças que sabíamos ter potencial para dar muito orgulho para Osasco e para os nossos torcedores. Um elenco que briga ponto a ponto. Agora o playoff está igual, cada time ganhou duas partidas e vamos para Uberlândia fazer o nosso melhor, sabendo que a responsabilidade é toda do Praia, que é considerado o favorito desde a primeira rodada da fase de classificação.”

O jogo – Um primeiro set para testar o coração do torcedor e decidido no 31/29 para o Vôlei Nestlé. Destes pontos, Tadara foi responsável por 14, a maioria deles, em momentos em que a equipe de Osasco precisava virar o placar na tentativa de abrir vantagem em cima do Praia. Foi assim no 18/17, no 21/19, no 24/23, 27/26 e 30/29. O ataque que garantiu a vitória na parcial, porém, foi da peruana Angela Leyva, na entrada de rede, para delírio das 4 mil pessoas que lotaram o José Liberatti.

Embalado pela emocionante vitória, o Vôlei Nestlé fez um início de segundo set consistente. Com dois bloqueios de Bia, fez 14/9. Porém, o Praia soube reagir. Empatou no 15/15 e conseguiu a virada. Angela Leyva, com um ace, garantiu nova igualdade (17/17) e Tandara colocou as donas da casa de novo na frente no 19/18. Mais uma vez, as mineiras reagiram e marcaram 20/19, obrigando Luizomar a pedir tempo. Sem perder o foco, as jogadoras de Osasco foram buscar. Bia salvou o set point e ainda garantiu o 25/24 ao aproveitar o erro de recepção após saque de Tandara. A vitória veio por 27/25, no erro do Dentil.

O terceiro set foi equilibrado desde o início, mas com o Vôlei Nestlé mais regular. Após abrir 13/9, permitiu a reação do adversário, que encostou no 14/12. Rapidamente, Luizomar pediu tempo e colocou a casa em ordem. Mari, na largada, fez 16/14. Porém, o Praia chegou ao empate no 17/17. Sem perder a tranquilidade, as donas da casa se mantiveram no jogo. Tandara fez 18/17 e Leyva explorou o bloqueio para garantir o 20/17. Mas a partida não estava ganha. As mineiras encaixaram bons saques e empataram no 21/21. Como nas parciais anteriores, a decisão foi emocionante. Mari atacou para colocar o time da casa em vantagem e com o set point no 24/23. Mas as osasquenses não conseguiram fechar. O Dentil soube aproveitar os erros das rivais e ganhou por 26/24.

O Vôlei Nestlé precisou de muita concentração no quarto set. O Praia começou melhor e abriu 7/4. Mari Paraíba explorou o bloqueio para empatar (7/7). As mineiras seguiam ditando o ritmo, mas as donas da casa souberam ter paciência para se manter na cola. Tandara garantiu o 12/12 e Nati Martins conseguiu a virada no 15/14. A parcial seguiu lá e cá até Bia garantir o paredão no meio de rede e colocar o time de Osasco na frente no 21/19. Leyva desceu o braço no 22/19. Tandara explorou o bloqueio no 23/19 e 24/19. A vitória veio com um erro das mineiras: 25/19 e 3 sets a 1.

Vôlei Nestlé entrou em quadra com Fabíola (1), Tandara (37), Bia (14), Nati Martins (7), Mari Paraíba (13), Angela Leyva (13) e a líbero Tássia. Entraram: Lorenne, Carol Albuquerque (1), Camila Brait, Paula. Técnico: Luizomar de Moura.

Dentil/Praia Clube entrou em quadra com Claudinha (3), Walewska (16), Fabiana (13), Fe Garay (17), Amanda (9), Fawcett (11) e a líbero Suelen. Entraram: Natasha, Ananda (1), Ellen (3). Técnico: Paulo Coco.

SUPERLIGA 2017/18

SEMIFINAL
Primeira rodada
23/3 – Dentil/Praia Clube 3 x 2 Vôlei Nestlé – Uberlândia
23/3 –Camponesa/Minas 2 x 3 Sesc/RJ – Belo Horizonte

Segunda rodada
26/3 – Vôlei Nestlé 3 x 1 Dentil/Praia Clube – Osasco
26/3 – Sesc RJ 3 x 0 Camponesa/Minas – Rio de Janeiro

Terceira rodada
30/3 – Dentil/Praia Clube 3 x 1 Vôlei Nestlé – Uberlândia
31/3 – Sesc RJ 3 x 1 Camponesa/Minas – Rio de Janeiro

Quarta rodada
2/4 – Vôlei Nestlé 3 x 1 Dentil/Praia Clube – Osasco

Quinta rodada
6/4 – 19h – Dentil/Praia Clube x Vôlei Nestlé – Uberlândia (Sportv)

QUARTAS DE FINAL
Primeira rodada

11/03 (domingo) – Vôlei Nestlé 3 x 1 Hinode Barueri – José Liberatti, Osasco

Segunda rodada

17/03 (sábado) – Hinode Barueri 1 x 3 Vôlei Nestlé – José Correa, em Barueri 

FASE DE CLASSIFICAÇÃO
2º Turno
19/12 – Vôlei Nestlé 3 x 1 Hinode Barueri – Osasco
22/12 – Renata Valinhos Country 0 x 3 Vôlei Nestlé – Valinhos
09/01 – Vôlei Nestlé 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano – Osasco
12/01- Pinheiros 2 x 3 Vôlei Nestlé – São Paulo
27/01 –Vôlei Nestlé 3 x 2 Fluminense  – Osasco
30/01 – BRB Brasília Vôlei 0 x 3 Vôlei Nestlé – Taguatinga
02/02 – Vôlei Nestlé 3 x 2 Vôlei Bauru – Osasco
08/02 – Camponesa/Minas 3 x 2 Vôlei Nestlé – Belo Horizonte
16/02 – Vôlei Nestlé 0 x 3 Dentil/Praia Clube
23/02 – Vôlei Nestlé 3 x 1 Sesi – Osasco
02/03 – Sesc/RJ 3 x 1 Vôlei Nestlé – Rio de Janeiro

1º Turno
17/10 - Hinode Barueri 1 x 3 Vôlei Nestlé - Barueri
20/10 - Vôlei Nestlé 3 x 2 Renata Valinhos Country – Osasco
31/10 - São Cristóvão Saúde/São Caetano 1 x 3 Vôlei Nestlé – São Caetano
03/11 - Vôlei Nestlé 3 x 0 Pinheiros – Osasco
07/11 – Fluminense 3 x 2 Vôlei Nestlé  – Rio de Janeiro
10/11 – Vôlei Nestlé 3 x 0 BRB Brasília Vôlei – Osasco
14/11 – Vôlei Bauru 2 x 3 Vôlei Nestlé – Bauru
18/11 - Vôlei Nestlé 2 x 3 Camponesa/Minas – Osasco 
24/11 – Dentil/Praia Clube 3 x 1 Vôlei Nestlé – Uberlândia
30/11 – Sesi 0 x 3 Vôlei Nestlé – Santo André
08/12 – Vôlei Nestlé 2 x 3 Sesc/RJ – Osasco

Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013, e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2017/18 deve manter a filosofia de mesclar atletas experientes com jovens, que buscam espaço em um clube tradicional como o Osasco. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.

A Vedacit é copatrocinadora do Vôlei Nestlé - www.vedacit.com.br
Líder de mercado em produtos de alta tecnologia para a construção civil, a Vedacit apresenta soluções inovadoras e se aproxima das famílias brasileiras com lançamentos para serem utilizados no dia a dia, de forma prática e eficiente. A empresa, com 81 anos de atuação, eleva a impermeabilização a um patamar de maior modernidade estando mais perto das necessidades de seus consumidores.

São mais de 140 produtos em suas linhas de impermeabilizantes, materiais para a recuperação de estruturas e aditivos para concreto, desenvolvidos em laboratório próprio, com a mais alta tecnologia para oferecer soluções apropriadas a diferentes dimensões. Seus itens podem ser encontrados em mais de 30 mil pontos de venda.

Genuinamente nacional, a Vedacit possui três unidades fabris, duas em São Paulo - capital e nova unidade em Itatiba - e uma em Salvador, abastecendo todas as regiões do Brasil. Conta ainda com nove filiais distribuídas estrategicamente pelo país.

Informações Vedacit:
RelatioNOW
 - (11)4237-3776
Paula Ferezin - paula@relationow.com - 9 9223-4394
Vanessa Denardi - vanessa@relationow.com - 9 4902-8008

Canais:
Facebook: www.facebook.com/voleinestle
Twitter: www.twitter.com/familianestle
YouTube: www.youtube.com/nestlebrasil
Instagram: www.instagram.com/voleinestle
Flickr: www.flickr.com/voleinestle

Informações Vôlei Nestlé:

ZDL - Rafael De Marco - Mtb.: 27556
rafael@zdl.com.br
F: 11 32855911
Cel: 11 976022986
whatsapp: 19 997912108

Site: www.zdl.com.br

Facebook: www.facebook.com/ZDLSports
Instagram: www.instagram.com/zdlsports
Twitter: www.twitter.com/ZDLcomunica

 

  • União em quadra
    (João Pires/Fotojump)

  • Tandara desce o braço
    (João Pires/Fotojump)

  • O técnico Luizomar
    (João Pires/Fotojump)

  • Camila Brait
    (João Pires/Fotojump)

  • Nati Martins no ataque
    (João Pires/Fotojump)

  • Bia é paredão
    (João Pires/Fotojump)

  • Tandara no bloqueio
    (João Pires/Fotojump)

  • Vibração de Tandara
    (João Pires/Fotojump)

  • Angela Leyva
    (João Pires/Fotojump)

  • A líbero Tássia
    (João Pires/Fotojump)

Leia também...

Entre em contato